Marley e Eu

22.12.11

Acabei de assistir "Marley e Eu" pela segunda vez. Ainda sinto minhas lágrimas secando no meu rosto...

Acho que não posso evitar pensar na minha pequena Susi... Minha fox paulistinha gordinha que já carrega 11 anos de idade nas costas. Não posso pensar no futuro, quando ela não estiver mais... Ainda não estou preparada para isso e espero, honestamente, que esse dia demore para chegar. Que demore anos. Que demore décadas.

Que nunca chegue.

Quando dizem que o cachorro é o melhor amigo do homem... parece clichê, mas não consigo enxergar maior veracidade do que essa. Dê a ele um pouco de carinho e comida, e ele estará lá sempre do seu lado. Sempre mesmo.

Se anjos são seres especiais que sempre nos protegem, que nos amam, e que sempre querem nosso bem sem esperar nada em troca, acho que eles podem também ser chamados de "cachorros".


''Um cachorro não se importa se você é rico ou pobre, inteligente ou idiota, esperto ou burro. Dê seu coração a ele e ele lhe dará o seu.''
(Marley e Eu)

Penny Lane.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Evite comentários Ctrl+C Ctrl+V, pois os mesmos não serão respondidos. Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa retribuir a visita! :)

 
© Ultraviolence - 2014. Todos os direitos reservados.
"Listen to the silence, let it ring on."
imagem-logo