Anna Müller Says

5.11.11


"Jack e eu passamos a tarde toda juntos, rindo e nos conhecendo aos poucos. Ele era uma pessoa fechada e não se expunha muito, o que o deixava com aquele ar misterioso. Mas eu adorava isso nele. Era atraente. E eu nunca fui uma pessoa de me abrir com os outros também, portanto não podia exigir que ele fizesse algo que nem eu mesma fazia. Acho que é por isso que nós estávamos nos dando tão bem: Porque sabíamos respeitar nossos limites e caminhávamos sem pressa para o que o destino nos havia reservado."

Sea City, pg. 53
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Evite comentários Ctrl+C Ctrl+V, pois os mesmos não serão respondidos. Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa retribuir a visita! :)

 
© Ultraviolence - 2014. Todos os direitos reservados.
"Listen to the silence, let it ring on."
imagem-logo